top of page

ABD - Aprendizagem Baseada em Dilemas

Dilema Resumido:

#029 – A Caneta Perdida e a Busca por Justiça

Antônio, um estudante de 12 anos, preto e de família humilde, estava em seu segundo mês na nova escola. Ele sempre carregava consigo uma caneta especial, um presente de sua avó. Certo dia, ao voltar do recreio, percebeu que sua caneta havia desaparecido de sua mochila. Triste, Antônio contou o ocorrido para sua mãe. A mãe, acreditando que o ato tinha motivações racistas, denunciou o caso ao diretor da escola, Luiz. Luiz ficou preocupado, mas a escola não possuía câmeras na área das mochilas. A mãe exigia que a escola comprasse uma nova caneta e tomasse medidas contra o racismo. Luiz decidiu compartilhar o ocorrido com professores e alunos, buscando uma solução efetiva, e planejava implantar um programa contra preconceitos em geral. Luiz ponderou: atender às exigências da mãe de Antônio ou adotar uma abordagem mais cautelosa?

Dilema Completo:

#029 – A Caneta Perdida e a Busca por Justiça

Antônio, um estudante de 12 anos, preto e de família humilde, estava em seu segundo mês na nova escola. Ele sempre carregava consigo uma caneta especial, um presente de sua avó, que o incentivava a estudar e sonhar com um futuro melhor. Certo dia, ao voltar do recreio, percebeu que sua caneta havia desaparecido de sua mochila. Triste e desolado, Antônio contou o ocorrido para sua mãe ao chegar em casa. A mãe, inconformada e acreditando que o ato tinha motivações racistas, decidiu denunciar o caso ao diretor da escola, Luiz.


Luiz, um diretor comprometido com a integridade e o bem-estar dos alunos, ficou preocupado com a situação. No entanto, a escola não possuía câmeras na área onde as mochilas eram deixadas, impossibilitando a identificação do culpado. A mãe de Antônio exigia que a escola tomasse medidas para reparar o dano, tanto do ponto de vista material, comprando uma nova caneta, quanto do ponto de vista do racismo, promovendo ações educativas e punitivas.


Luiz se viu diante de um dilema. Por um lado, ele queria apoiar Antônio e sua mãe, reconhecendo a seriedade das alegações de racismo e a importância de um ambiente escolar seguro e inclusivo. Por outro lado, sem provas concretas, qualquer ação poderia ser vista como precipitada e injusta para com os outros alunos. Além disso, a compra de uma nova caneta poderia ser interpretada como uma admissão de culpa por parte da escola, sem que houvesse evidências claras do ocorrido.


Antes de tomar qualquer decisão, Luiz decidiu compartilhar o ocorrido com os professores e alunos, buscando uma solução que fosse realmente efetiva. Ele também planejava implantar um programa contra preconceitos em geral, e não apenas contra o racismo, para promover um ambiente mais inclusivo e respeitoso.


Luiz ponderou sobre as possíveis consequências de suas ações. Ele poderia atender às exigências da mãe de Antônio, comprando a caneta e implementando programas contra o racismo, ou poderia optar por uma abordagem mais cautelosa, investigando mais a fundo e buscando outras formas de resolver o conflito sem tomar medidas precipitadas.


Deve Luiz atender às exigências da mãe de Antônio ou adotar uma abordagem mais cautelosa?

Comentários:

O dilema enfrentado por Luiz, diretor de uma escola, ao decidir entre atender às exigências da mãe de Antônio ou adotar uma abordagem mais cautelosa, é um exemplo claro das tensões entre ética e moral no contexto educacional. Para analisar este dilema, recorremos à filosofia de John Rawls, que enfatiza a justiça como equidade e a importância de princípios justos para a organização da sociedade.


Teoria da Justiça de John Rawls


Princípio da Igualdade: Rawls argumenta que uma sociedade justa deve garantir a igualdade de oportunidades para todos os seus membros. No caso de Antônio, um estudante preto e de família humilde, a perda da caneta especial, um presente significativo de sua avó, pode ser vista como uma violação desse princípio de igualdade. A mãe de Antônio acredita que o ato teve motivações racistas, o que agrava ainda mais a situação. Luiz deve considerar se atender às exigências da mãe de Antônio ajudará a restaurar a igualdade de oportunidades para Antônio e a promover um ambiente escolar mais justo e inclusivo.


Princípio da Diferença: Rawls também propõe o princípio da diferença, que permite desigualdades sociais e econômicas apenas se elas resultarem em benefícios para os menos favorecidos. Luiz deve ponderar se a compra de uma nova caneta e a implementação de programas contra o racismo beneficiarão não apenas Antônio, mas também outros alunos que possam estar em situações semelhantes. A criação de um ambiente escolar seguro e inclusivo é fundamental para garantir que todos os alunos tenham as mesmas oportunidades de sucesso.


Véu da Ignorância: Rawls introduz o conceito do véu da ignorância, uma posição hipotética em que os indivíduos tomam decisões sem conhecimento de suas próprias posições sociais. Luiz deve considerar o dilema sob o véu da ignorância, imaginando que ele não sabe se é o diretor, a mãe de Antônio, Antônio ou outro aluno. Essa perspectiva pode ajudá-lo a tomar uma decisão mais justa e imparcial, focada no bem-estar de todos os envolvidos.

 

Respondendo às Questões:

1. Como a teoria da justiça de John Rawls orienta a decisão de Luiz sobre atender às exigências da mãe de Antônio ou adotar uma abordagem mais cautelosa?
A teoria da justiça de John Rawls orienta Luiz a considerar os princípios da igualdade e da diferença ao tomar sua decisão. Luiz deve ponderar se atender às exigências da mãe de Antônio ajudará a restaurar a igualdade de oportunidades para Antônio e a promover um ambiente escolar mais justo e inclusivo. Ele também deve considerar se a compra de uma nova caneta e a implementação de programas contra o racismo beneficiarão não apenas Antônio, mas também outros alunos que possam estar em situações semelhantes.


2. De que maneira o conceito do véu da ignorância de Rawls se aplica ao dilema de Luiz?
O conceito do véu da ignorância de Rawls se aplica ao dilema de Luiz na medida em que ele deve considerar a situação sem conhecimento de suas próprias posições sociais. Luiz deve imaginar que ele não sabe se é o diretor, a mãe de Antônio, Antônio ou outro aluno. Essa perspectiva pode ajudá-lo a tomar uma decisão mais justa e imparcial, focada no bem-estar de todos os envolvidos. Sob o véu da ignorância, Luiz deve ponderar se suas ações promoverão a justiça e a equidade na escola.


3. Qual é o impacto da decisão de Luiz sobre a promoção de um ambiente escolar seguro e inclusivo, segundo a filosofia de Rawls?
Segundo a filosofia de Rawls, a decisão de Luiz deve ser avaliada em termos de sua contribuição para a promoção de um ambiente escolar seguro e inclusivo. Luiz deve considerar se atender às exigências da mãe de Antônio, comprando a caneta e implementando programas contra o racismo, ajudará a criar um ambiente mais justo e equitativo para todos os alunos. A criação de um ambiente escolar seguro e inclusivo é fundamental para garantir que todos os alunos tenham as mesmas oportunidades de sucesso e para promover a justiça como equidade na escola.

 

Referências Bibliográficas:

  • Rawls, John. "A Theory of Justice". Belknap Press, 1971.

  • Freeman, Samuel. "Rawls". Routledge, 2007.

  • Sandel, Michael J. "Justice: What's the Right Thing to Do?". Farrar, Straus and Giroux, 2009.

A análise deste dilema sob a perspectiva da teoria da justiça de John Rawls destaca a importância dos princípios da igualdade e da diferença na promoção de um ambiente escolar justo e inclusivo. Ela nos lembra que devemos considerar a situação sob o véu da ignorância, imaginando que não sabemos nossas próprias posições sociais, para tomar decisões mais justas e imparciais. Luiz deve ponderar se atender às exigências da mãe de Antônio ajudará a restaurar a igualdade de oportunidades para Antônio e a promover um ambiente escolar mais justo e inclusivo, beneficiando todos os alunos.

bottom of page