top of page

Ética na Prática #01: Patagonia

Atualizado: 9 de jul.



Diante de questionamentos recorrentes sobre a viabilidade e os resultados de adotar uma postura ética nos negócios, decidi publicar uma série de textos que demonstram como empresas de renome mundial alcançaram sucesso ao fazer da ética o fio condutor de suas operações. Através de cases detalhados, como o da Patagonia, mostrarei que práticas éticas não só são possíveis, mas também podem ser altamente lucrativas e benéficas para a sociedade e o meio ambiente.


Case: Patagonia


A Patagonia, fundada em 1973 por Yvon Chouinard, é uma empresa de vestuário e equipamentos para atividades ao ar livre que se destaca por seu compromisso com a ética e a sustentabilidade. A missão da empresa é "construir o melhor produto, não causar danos desnecessários e usar os negócios para inspirar e implementar soluções para a crise ambiental."


Fundador e Protagonistas

Yvon Chouinard: Fundador e principal visionário da Patagonia, Chouinard é um alpinista e ambientalista que sempre acreditou que os negócios podem ser uma força para o bem. Sua filosofia de vida e negócios moldou a cultura e as práticas da empresa.

Rose Marcario: CEO de 2014 a 2020, Marcario foi uma figura chave na expansão das iniciativas de sustentabilidade e responsabilidade social da Patagonia. Sob sua liderança, a empresa intensificou suas ações de ativismo ambiental e social.

Ryan Gellert: Atual CEO, Gellert assumiu o cargo em 2020 e continua a promover a missão da Patagonia, focando em sustentabilidade, ativismo ambiental e justiça social.


Sustentabilidade Ambiental

A Patagonia se destaca por suas práticas ambientais inovadoras e seu compromisso com a sustentabilidade. A empresa utiliza materiais reciclados e orgânicos em seus produtos, minimizando o impacto ambiental.


1993: Introdução do fleece feito de garrafas de plástico recicladas, uma inovação que ajudou a reduzir o desperdício de plástico.

2005: Lançamento do programa "Common Threads Recycling Program," incentivando os clientes a devolverem roupas usadas para reciclagem.

2011: Início do programa "Worn Wear," que promove a reparação, reutilização e reciclagem de roupas, prolongando a vida útil dos produtos e reduzindo o desperdício.

2020: Lançamento da coleção "ReCrafted," feita inteiramente de roupas usadas e danificadas, demonstrando um compromisso contínuo com a economia circular.


Transparência na Cadeia de Suprimentos

A transparência é um pilar fundamental das operações da Patagonia. A empresa divulga informações detalhadas sobre suas fábricas e práticas de trabalho, garantindo condições justas e seguras para os trabalhadores.

 

2007: Lançamento do "Footprint Chronicles," uma plataforma online onde os clientes podem rastrear a origem dos produtos e conhecer as fábricas onde são produzidos.

2014: A Patagonia se torna a primeira marca de vestuário a se juntar ao "Fair Trade Certified," garantindo que muitos de seus produtos sejam produzidos em condições justas e seguras.

2021: Expansão do programa "Fair Trade Certified" para incluir mais de 80% dos produtos da empresa, reforçando o compromisso com práticas de trabalho justas.


Iniciativas Sociais e Ambientais

A Patagonia é conhecida por suas iniciativas sociais e ambientais, que vão além de suas operações comerciais.


1985: Início do programa "1% for the Planet," onde a empresa doa 1% de suas vendas anuais para causas ambientais. Até hoje, a empresa já doou mais de 89 milhões de dólares para organizações ambientais.

2017: A Patagonia processa o governo dos EUA por reduzir a área de monumentos nacionais, uma ação que demonstrou seu compromisso com a proteção ambiental.

2018: A empresa doa 10 milhões de dólares em economias fiscais para grupos ambientais, como uma resposta direta às políticas ambientais do governo Trump.

2020: Lançamento da campanha "Patagonia Action Works," uma plataforma que conecta indivíduos com organizações ambientais locais para promover o ativismo e a participação comunitária.


Resultados Obtidos

A abordagem ética e sustentável da Patagonia não só fortaleceu sua reputação, mas também inspirou outras empresas a adotar práticas semelhantes. A empresa é frequentemente citada como um exemplo de como os negócios podem ser uma força para o bem.


Crescimento de Receita: A receita da Patagonia cresceu consistentemente, atingindo cerca de 1 bilhão de dólares em 2017, demonstrando que práticas éticas e sustentáveis podem ser lucrativas.

Reconhecimento: A Patagonia recebeu inúmeros prêmios por suas práticas sustentáveis e éticas, incluindo o prêmio "Champion of the Earth" do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.

Influência: A filosofia de negócios da Patagonia influenciou outras empresas a adotarem práticas mais sustentáveis e transparentes, contribuindo para um movimento global em direção a um comércio mais ético.


Situação Atual

Atualmente, a Patagonia continua a ser uma líder em sustentabilidade e responsabilidade social. Sob a liderança de Ryan Gellert, a empresa mantém seu compromisso com práticas éticas e sustentáveis, ao mesmo tempo em que expande suas iniciativas de ativismo ambiental e social.


2021: A Patagonia anunciou que todos os seus produtos serão neutros em carbono até 2025, reforçando seu compromisso com a luta contra as mudanças climáticas.

2022: A empresa continua a expandir seu programa "Worn Wear," com novas lojas dedicadas exclusivamente à venda de produtos usados e reparados.

2023: A Patagonia lançou uma nova linha de produtos feitos inteiramente de materiais reciclados e biodegradáveis, demonstrando um compromisso contínuo com a inovação sustentável.


Resumindo: A Patagonia exemplifica como uma empresa pode integrar a ética em todas as suas operações, desde a escolha de materiais até a transparência na cadeia de suprimentos e o ativismo social. Seu compromisso com a sustentabilidade e a justiça social não só fortaleceu sua marca, mas também teve um impacto positivo significativo no meio ambiente e na sociedade. A Patagonia continua a ser um modelo de como os negócios podem ser usados para promover o bem comum, inspirando outras empresas a seguir seu exemplo.


Referências

·       Yvon Chouinard: "Let My People Go Surfing: The Education of a Reluctant Businessman" (2005)

·       Patagonia: https://www.patagonia.com 

·       Footprint Chronicles: https://www.patagonia.com/footprint/

·       1% for the Planet: https://www.onepercentfortheplanet.org

·       Fair Trade Certified: https://www.fairtradecertified.org

·       Patagonia Action Works: https://www.patagonia.com/actionworks/

 

 

Xiko Acis | Provocador xk@xikocis.com.br  +55 11 96466-0184 Newsletter #089


Toda semana publicarei um texto sobre Ética e Moral aplicadas a organização. Assine a newsletter para receber as informações. Você também pode ver esse e outros artigos no meu site. Se inscreva também no Canal do YouTube para ouvir o EtiCast e  conhecer a ABD - Aprendizagem Baseada em Dilemas. Obrigado!

5 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comentarios


bottom of page